Vitrais

Vitrais

O vitral vem do francês vitrail é um tipo de vidraça composta por pedaços de vidro coloridos ou pinturas sobre o vidro que, geralmente, representam cenas ou personagens. É um dos elementos arquitetônicos característicos do estilo gótico.

A história dos vitrais nos remete ainda aos tempos medievais quando eles surgiram na Europa do século 10, nas igrejas francesas e alemãs, quando foram incorporados na arquitetura gótica. Os vitrais tinham por objetivo ilustrar as cenas bíblicas, contando as histórias por meio de figuras num tempo em que uma pouquíssima parcela da população sabia ler. Os vitrais, portanto, eram essenciais para guiar o povo de acordo com os ensinamentos religiosos através das figuras ilustrativas.

A cor era elemento essencial para os vitrais que, através da luz que vinha de fora da igreja, despertavam a curiosidade das pessoas em relação às histórias contadas em forma de ilustração. Era um meio de atrair a população às igrejas, com adornos e formas jamais então vistas nas paredes cinzas das catedrais. Há teorias que afirmam que as histórias eram ilustradas nas janelas, e não nas paredes, por causa da luminosidade que remetia à ideia do espírito da luz que atingia os lugares santos, dentro de uma concepção religiosa. A janela, colorida e iluminada, era uma metáfora de portal entre um mundo e outro, entre o universo terreno e o espiritual. O efeito da luz do sol que, por eles, penetrava, conferia uma maior imponência e espiritualidade ao ambiente.

Com o passar do tempo, eles foram introduzidos a outros ambientes como forma de decoração. Mas ainda reside nos vitrais a tradição de contar as cenas bíblicas dentro das igrejas. Atualmente este tipo de arte ainda é muito valorizada, principalmente pelos artesãos que a utilizam para dar beleza às suas obras de arte.

Chamo de vitral aqui as pinturas em forma retangular ou quadrada, mas nada impede do vitral ser circular (que chamo de mandala), esses vitrais podem ser emoldurados ou colocados em um suporte de prato para mesa, não gosto de furá-los porque existe a possibilidade do furo não ficar no centro e o quadro ficará torto. Devido a sua origem histórica gosto de pintar vitrais com imagens de santos e outras divindades, gosto do simbolismo que cada um traz e acredito que ajudam as pessoas a se manterem conectadas com o divino, já que toda vez que olhar o vitral vai pensar numa força superior. Gosto também de pintar outros temas como a dança e personagens de filmes outras de minhas paixões. Meus vitrais são uma ótima opção para decoração de banheiros também, porque eles tem uma boa resistência à umidade desse local, diferente de quadros comuns. Espero que você se inspire com eles.

Deixe uma resposta

Close Menu
×

Cart